Integração 4.0

Conceito de Logística 4.0

Mais do que uma expressão é uma nova fase da logística, com conexões inteligentes, atendendo de forma otimizada os requisitos de velocidade, ganho de eficiência, redução de custos e ampla disposição de informações impostas pela indústria 4.0.

Nela são privilegiadas as otimizações e a tomada de decisões apoiadas em dados, que em parte são produzidos dentro de cada empresa, e parte são trocados entre clientes, embarcadores, transportadoras, armazéns e demais envolvidos na cadeia logística.

EVOLUÇÃO DA LOGÍSTICA

A indústria tem grande necessidade de se adaptar aos novos requisitos e exigências do mercado, desde a primeira revolução industrial, em meados do século XVIII, na Inglaterra.

Em meados do século XX vivemos a terceira revolução industrial, acontecimento recente, se considerarmos que aconteceu no século passado. Esse período ficou marcado pelo início da transformação digital. Avanços surgiram nas ciências, robótica e eletrônica, além da popularização da internet, junto a utilização de softwares e dispositivos móveis.

Agora, a grande novidade é a Logística 4.0. A chamada quarta revolução industrial afetou toda a ordem da economia, modificando a maneira de fazer negócios, transformando a sociedade e o estilo de vida dos indivíduos. Essa nova revolução veio combinada a importantes novidades tecnológicas, como a Internet das Coisas (IoT), impressoras 3D, Big Data, Analytics, realidade aumentada, e outras tecnologias de vanguarda.

MOMENTO DA REVOLUÇÃO 4.0

Estamos vivendo o momento da indústria 4.0, a tendência nessa nova fase é a automatização completa do setor fabril e a busca constante pelo aumento da eficiência, utilizando principalmente recursos ciberfísicos, possíveis por conta da IoT (internet das coisas) e da cloud computing (computação em nuvem). O conhecimento e a comunicação são as grandes protagonistas dessa revolução.

Porém, um grande desafio vem com a indústria 4.0, para o setor industrial e para o mercado em geral. Isso porque só será capaz de se beneficiar desta nova revolução quem se adaptar ao novo momento, investindo efetivamente em inovação e busca de um modelo de gestão baseado em dados para a tomada de decisões cada vez mais assertivas.

Mais do que uma tendência a indústria 4.0 é uma realidade e, para conquistar esse novo mercado e sair na frente das concorrentes, é imprescindível o investimento em novos recursos tecnológicos, desenvolvendo processos e equipes com alto potencial analítico.

A logística obviamente é fortemente impactada por essas mudanças. Se antes era comum manter grandes estoques e correr o risco de sofrer perdas gigantescas por conta dos prazos de validade e dificuldades de armazenamento, agora é essencial aplicar a gestão inteligente de estoques.

BENEFÍCIOS DA LOGÍSTICA 4.0

Muitos são os benefícios para a empresa que coloca em prática as tecnologias evidenciadas pela Logística 4.0. E essas vantagens estão disponíveis para todos aqueles que estão envolvidos na cadeia de suprimentos, indo até mesmo além, interligando clientes, indústrias, armazéns e transportadores para a troca de dados relevantes. Dentre os vários benefícios, vale destacar a maior integração entre os participantes da cadeia de suprimentos, como:

  • Prazos menores de entrega;
  • Otimização de espaços e de custos de armazenagem;
  • Melhor aproveitamento das frotas e custos com transporte otimizados;
  • Redução de estoques, evitando perdas e desperdícios;
  • Maior segurança da cadeia de fornecimento, evitando paradas em linhas de produção;
  • Menor burocracia nos processos, elevando a produtividade e competitividade no mercado;
  • Gerar dados relevantes para apoiar tomadas de decisões mais assertivas e que possibilitem a melhoria contínua;
  • Aumento da satisfação dos clientes.

O investimento na comunicação com os embarcadores é fundamental nesse processo, pois existe uma velocidade cada vez maior de demandas dentro do contexto da logística 4.0. O ideal é investir em tecnologias como a Troca Eletrônica de Dados (EDI) e nos webservices, altamente capazes de integrar os embarcadores, transportadoras e demais parceiros (inclusive os fornecedores e clientes), evitando retrabalho, reduzindo custos, evitando erros e acelerando o trabalho.

 A integração é a palavra-chave para adotar as práticas logísticas mais modernas. É essa conectividade que facilita a gestão e permite controle completo sobre todos os processos.

Entre em contato conosco